Ataque em uma estação de voto no dia das eleições no Paquistão

Ataque em uma estação de voto no dia das eleições no Paquistão

Julho 25, 2018 0 Por Ino Web

Pelo menos 30 pessoas morreram em um ataque bomba, em uma estação de voto no dia das eleições no Paquistão

Pelo menos 30 pessoas morreram e 30 ficaram feridas esta manhã num ataque suicida, reivindicado pelo Estado Islâmico, perto de uma assembleia de voto na cidade paquistanesa de Quetta, em dia de eleições legislativas.

O bombista suicida “tentou entrar na assembleia de voto e, quando a polícia o tentou deter, ele fez-se explodir”, afirmou Hashim Ghilzai, responsável do governo local à agência de notícias francesa AFP

O ataque, que foi culpado pelo Estado Islâmico, prejudicou as eleições gerais nesta quarta-feira e destablizou a Paz e Segurança estabelecida para proteger as eleições.
A polícia de Quetta relata que “o homem-bomba se explodiu depois que a polícia o impediu de entrar no complexo educacional de Tameer-i-Nau, a sede de um colégio eleitoral”. 

Os últimos ataques têm sido contra os agentes da polícia, pois outro ataque ocorreu de madrugada, um ataque de granada contra um centro eleitoral matou um policial e feriu outros três, no distrito de Khuzdar, também no Baluchistão, que é a província mais pobre e instável do Paquistão. Também no Khyber-Pakhtunkhwa, noroeste do país, houve confrontos entre apoiantes.

E outro ataque suicida matou 153 pessoas em um comício eleitoral em Mastung, cerca de 40 quilômetros de Quetta. Também nessa ocasião, o grupo do Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

Por esta razão, as autoridades têm fechado há dois dias postos de fronteira com o Afeganistão, onde eles dizem que os terroristas buscam refúgio. Além disso, o Exército enviou 370.000 soldados nas assembleias de voto em todo o país.